| (351) 249 839 489 |  startup@cm-torresnovas.pt    |

Plano de Capacitação 2021

O plano de capacitação tem várias ações de formação a decorrer entre os meses de setembro e dezembro de 2021. A entidade formadora é o Instituto Politécnico de Tomar.

 A inscrição é gratuita . Limitada a 10 participantes, sendo necessárias no mínimo 4 inscrições para decorrer uma formação.

 As inscrições devem ser feitas através do formulário https://forms.gle/wtfnJdVcfTeaLz3F8

 As formações são presenciais e irão decorrer no auditório da StartUp Torres Novas.

e-Commerce (4 horas por dia no total de 12 horas), das 09h00 às 13h00, nos dias 8, 11, e 15 de setembro.

Estratégia Empresarial (4 horas por dia no total de 24 horas), das 09h00 às 13h00, nos dias 22, 25, 29 de setembro e dia 2 de outubro das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

Vendas (4 horas por dia no total de 12 horas), nos dias 9, 13 e 16 de outubro.

Marketing para StartUps (4 horas por dia no total de 16 horas), nos dias 20, 23, 27 e 30 de outubro.

Enquadramento Jurídico da Empresa (4 horas por dia no total de 16 horas), nos dias 3, 6, 10 e 13 de novembro.

Como Financiar a sua ideia/Empresa (4 horas por dia no total de 16 horas), nos dias 17, 20, 24 e 27 de novembro.

Ferramentas de Apoio à gestão Financeira (4 horas por dia no total de 16 horas), nos dias 2, 4, 8 e 11 de dezembro.

As datas, horários e local de realização poderão sofrer alterações.

Qualquer dúvida não hesite em contactar através do telemóvel 964698894 ou email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Last Updated: terça-feira, 07 setembro 2021 15:09
11 E 12 DE MARÇO . ONLINE
NAS ASAS DA CIÊNCIA 2.0
O Município de Torres Novas promove nos dias 11 e 12 de março a segunda edição do evento “Nas Asas da Ciência”, direcionado sobretudo ao público escolar (alunos do pré-escolar, 1º ciclo, 2º ciclo, 3º ciclo e secundário), mas também às famílias e público em geral e que decorrerá em formato digital, adaptado às circunstâncias atuais.
Estão previstas conferências, comunicações e workshops com o objetivo de promover a literacia científica e tecnológica e as inscrições decorrem até à próxima segunda-feira, dia 8 de março, através do e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou do telefone 249 839 090.
Last Updated: terça-feira, 07 setembro 2021 13:58

Está aberto o aviso de concurso do Programa de Apoio à Produção Nacional (Base Local), da CIM do Médio Tejo, que vai conceder apoios a micro e pequenas empresas da região do Médio Tejo, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Objetivos do Programa:

O programa vai prestar um apoio direto ao investimento empresarial, com enfoque no setor industrial e no sector do turismo, entre outros, e terá como objetivo estimular a produção nacional e a redução da dependência face ao exterior, reforçando a agilidade de procedimentos, a eficiência na gestão e a eficácia nos resultados.

No contexto atual difícil que se vive ao nível económico, este programa vem dar um importante alento à retoma da economia, apoiando as empresas na aquisição de máquinas, equipamentos, serviços tecnológicos/digitais, sistemas de certificação, na transição digital e energética e na introdução de processos de produção ambientalmente mais amigáveis e que sejam um estímulo à produção nacional.

 A quem se destina:

O Programa é dirigido a micro e pequenas empresas do território da CIM do Médio Tejo, que abrange: Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Sertã, Tomar, Torres Novas, Vila de Rei e Vila Nova da Barquinha. 

São elegíveis, as operações inseridas na CAE REV 3:

  • Indústrias extrativas (CAE 05 a 09);
  • Indústrias transformadoras (CAE 10 a 33);
  • Turismo: Estabelecimentos hoteleiros (CAE 551); Turismo no espaço rural (CAE 55202); Parques de campismo e de caravanismo (55300); Restauração (561); e Organização de atividades de animação turística (93293).

As empresas devem assumir o compromisso de manter os postos de trabalho, não havendo a exigência da criação de novos postos. No mínimo, a empresa terá de ter um funcionário afeto aos seus quadros. 

 

Despesas elegíveis no Programa:

São consideradas operações com uma despesa elegível entre os 20 mil e os 235 mil euros, que se enquadrem em:

  • Custos de aquisição de máquinas, equipamentos, respetiva instalação e transporte;
  • Custos de aquisição de equipamentos informáticos, incluindo o software necessário ao seu funcionamento;
  • Software standard ou desenvolvido especificamente para a atividade da empresa;
  • Custos de conceção e registo associados à criação de novas marcas ou coleções;
  • Custos iniciais associados à domiciliação de aplicações, adesão inicial a plataformas eletrónicas, subscrição inicial de aplicações em regimes de «software as a Service», criação e publicação inicial de novos conteúdos eletrónicos, bem como a inclusão ou catalogação em diretórios ou motores de busca;
  • Material circulante diretamente relacionado com o exercício da atividade, até ao limite máximo elegível de 40 mil euros;
  • Estudos, diagnósticos, auditorias, planos de marketing, até ao limite máximo elegível de 5 mil euros;
  • Serviços tecnológicos/digitais, sistemas de qualidade e de certificação, até ao limite máximo elegível de 50 mil euros;
  • Obras de remodelação ou adaptação, para instalação de equipamentos produtivos financiados no âmbito deste projeto, até ao limite de 60% do investimento total elegível apurado;

 

Taxa de financiamento:

A taxa de financiamento é de 40% para os investimentos localizados em territórios de baixa densidade e de 30% para os investimentos localizados nos restantes territórios, podendo, as mesmas serem majoradas até um máximo de 20 pontos percentuais, nos seguintes critérios:

  • “Transição digital” - para empresas que desenvolvam o projeto planeando a transformação digital das suas atividades, através de mudanças nos respetivos modelos de negócios, produtos ou processos produtivos: 10 pp; 
  • “Economia Circular” - para empresas que desenvolvam o projeto de acordo com uma estratégia conducente à transição para uma economia circular, incluindo a adoção de princípios da transição energética: 10 pp;
  • “Estratégias de eficiência coletiva” - para projetos que demonstrem enquadramento nos PROVERE aprovados com incidência nos territórios abrangidos por este AAC ou alinhados com as cadeias de valor do vinho e queijo: 10 pp;
  • “Enquadramento nos Planos Estratégicos de Desenvolvimento Urbano (PEDU) ou Planos de Ação de Regeneração Urbana (PARU)”: 10 pp.
  • Produtos turísticos integrados de base intermunicipal - para projetos que demonstrem enquadramento nos produtos turísticos selecionados pelas Comunidades Intermunicipais para o seu território: 10 pp.
  •  “Diáspora” para projeto cujos investidores tenham o Estatuto de Investidor da Diáspora, tal como estipulado na RCM n.º 64/2020 de 18 de agosto: 5 pp.

 

Dotação orçamental:

A dotação orçamental do FEDER afeta ao Programa Apoio à Produção Nacional é de 7.577.581,64 euros, distribuída em 66,66% para a Indústria (CAE 05-33) e para as restantes empresas em 33,33%.


Prazo de submissão:

O prazo para a apresentação de candidaturas decorre até às 19h00 do dia 31 de março de 2021.

A apresentação de candidaturas é efetuada através de formulário eletrónico no Balcão 2020.

 

Este aviso de concurso enquadra-se no âmbito do Programa Operacional Regional do Centro, na Prioridade de Investimento (PI) 8.8 (FEDER) – “Apoio ao desenvolvimento dos viveiros de empresas e o apoio à atividade por conta própria, às microempresas e à criação de empresas” (FEDER), no âmbito do Objetivo Temático 8 – “Promoção da sustentabilidade e da qualidade do emprego e apoio à mobilidade dos trabalhadores”.

Mais informações em https://mediotejo.pt/

Last Updated: sexta-feira, 05 fevereiro 2021 12:15

Já se encontra disponível o regulamento para a Medida de Apoio Excecional aos Artesãos e às Unidades Produtivas Artesanais, cujo período de candidaturas decorre entre as 9h00 do dia 17 de dezembro de 2020 e as 18h00 do dia 28 de fevereiro de 2021.

Esta medida, destinada aos artesãos e às unidades produtivas artesanais que tenham sede em território continental e que constem do Registo Nacional do Artesanato, apresenta-se como uma forma de incentivo à manutenção da atividade de empresas artesanais por forma a fazer face à perda de rendimentos decorrentes do cancelamento de feiras, certames de promoção e comercialização do artesanato originado pela pandemia de COVID-19.

Todas as informações correspondentes a esta medida encontram-se disponíveis para consulta em https://iefponline.iefp.pt/IEFP/medApoioExcecionalArtesaosUPA/overview.jsp

Last Updated: quarta-feira, 16 dezembro 2020 14:21

O Ministro do Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, apresentou o novo pacote de medidas de apoio ao emprego, empresas e economia.

Pode ver a transmissão da apresentação em https://www.youtube.com/watch?v=iS24AazROPw e consultar o documento de apresentação em https://www.portugal.gov.pt/download-ficheiros/ficheiro.aspx?v=%3d%3dBQAAAB%2bLCAAAAAAABAAzNLA0NgQAnyVHJAUAAAA%3d.

Last Updated: sexta-feira, 11 dezembro 2020 11:47

Hoje foi publicada a Portaria nº 285/2020 de 11 dezembro, que cria uma Medida de Apoio Excecional aos Artesãos e às Unidades Produtivas Artesanais, destinada aos artesãos e às unidades produtivas artesanais que tenham sede em território continental e que constem do Registo Nacional do Artesanato. Esta medida apresenta-se como uma forma de incentivo à manutenção da atividade de empresas artesanais por forma a fazer face à perda de rendimentos decorrentes do cancelamento de feiras, certames de promoção e comercialização do artesanato originado pela pandemia de COVID-19.

A medida será gerida pelo IEFP, que irá disponibilizar o seu regulamento em breve.

Por agora, pode consultar a Portaria nº 285/2020 de 11 de dezembro.

Last Updated: sexta-feira, 11 dezembro 2020 13:08

 

 

Informa-se que o Regulamento Interno da StartUp Torres Novas sofreu alterações, nomeadamente no que diz respeito à modalidade Business Spot.

Pode consultar o Regulamento Interno no nosso site ou descarregá-lo aqui.

Last Updated: sexta-feira, 13 novembro 2020 12:09

O Programa Bairros Saudáveis é um programa público, de natureza participativa, destinado à melhoria das condições de saúde, bem-estar e qualidade de vida em territórios vulneráveis.

Trata-se de um programa de pequenas intervenções, através do apoio a projetos apresentados por associações, coletividades, organizações não governamentais, movimentos cívicos e organizações de moradores, em articulação com as autarquias, as autoridades de saúde ou demais entidades públicas. Abrange todo o território continental português e dirige-se a territórios, bairros ou zonas onde se verifiquem pelo menos três das seguintes sete condições:

- Condições de habitabilidade deficientes ou precárias;

- Número significativo de moradores com rendimentos baixos ou muito baixos;

- Número significativo de pessoas de risco em caso de COVID-19;

- Número significativo de pessoas com constrangimentos de acesso a cuidados de saúde

- Taxa de cobertura vacinal do Programa Nacional de Vacinação, atualizado para a idade, inferior a 95 %;

- Número significativo de crianças e jovens em idade escolar a não frequentar a escola ou com elevada percentagem de insucesso;

- Número significativo de pessoas em situação de exclusão social, isolamento ou abandono.

 

O programa tem como objetivo dar poder, no sentido de “poder fazer”, a comunidades residentes e pessoas ou organizações intervenientes em territórios vulneráveis, e financia, com um montante máximo de 50.000 euros, os projetos apresentados através de procedimento concursal por parcerias locais para melhorias nesses territórios. A dotação do programa é de 10 milhões de euros (2020-2021).

As candidaturas decorrem até às 18h00 do dia 26 de novembro.

Para mais informações, consulte o site oficial em https://www.bairrossaudaveis.gov.pt/

Last Updated: terça-feira, 10 novembro 2020 10:04

Estão abertas as candidaturas para a 2ª edição do Green Up!

O Green Up é um programa de ideação na área do Turismo, promovido pelos Territórios Criativos e pelo Turismo de Portugal, para ideias inovadoras com soluções B2B ou B2C com impacto positivo no meio ambiente, sociedade e economia e que valorizem os recursos naturais.
 
Tem como destinatários empreendedores com habilitações na área do Turismo, seja de 12º ano, CTESP, Licenciatura ou Mestrado, com ideias que ofereçam soluções inovadoras.

Há mais de 5.000€ para oferecer: 4.000€ (1º lugar), 1.000€ (2º lugar) e 500€ (3º lugar). Para além disto, todos os participantes terão a oportunidade de aceder à rede de parceiros!
Parceiros: Turismo de Portugal | Territórios Criativos | GEN Portugal

Consulta toda a informação referente ao programa em https://www.territorioscriativos.eu/green-up/.

Last Updated: segunda-feira, 09 novembro 2020 13:37

 

O StartUP Voucher é uma das medidas da StartUP Portugal - Estratégia Nacional para o Empreendedorismo que visa dinamizar o desenvolvimento de projetos empresariais que se encontrem em fase de ideia, promovidos por jovens com idade entre os 18 e os 35 anos, através de diversos instrumentos de apoio disponibilizados ao longo de um período de até 12 meses de preparação do projeto empresarial.

A última cut-off date para as candidaturas ao StartUP Voucher é dia 26 de novembro de 2020, às 18h00 de Portugal Continental.

Para conhecer mais sobre o StartUP Voucher, acedam ao website:

https://www.iapmei.pt/PRODUTOS-E-SERVICOS/Empreendedorismo-Inovacao/Empreendedorismo-(1)/StartUP-Voucher-2019-2022.aspx

Last Updated: quinta-feira, 05 novembro 2020 11:17


Faz hoje, dia 17 de outubro de 2020, 4 anos que foi formalmente criada a Startup Torres Novas, agarrando um desafio de empreendedorismo assumido pelo Município. Um «braço» gerado pela unidade Torres Novas+ do quadro orgânico municipal. 

Torres Novas+, criada precisamente para gerar novas ideias e novos conceitos na gestão municipal. Para entrar na mesma via das SMART CITIES-Cidades Sustentáveis, acompanhando o progresso, os desafios dos novos tempos, onde a modernização administrativa e tecnológica contribui para a sustentabilidade das cidades e para a qualidade de vida, com benefícios diretos aos munícipes. 

A Startup Torres Novas tem vindo a revelar-se como um importante pólo de empreendedorismo local e regional, com um saldo altamente positivo na criação de empresas e de empregos, nascidos de muita criatividade e de empenho quer pessoal quer de equipas, sempre acompanhadas por um Comité de Avaliação constituído por empresários e técnicos experientes.

Em pouco tempo conseguiu projetar-se a nível nacional ao gerar empresas que evidenciaram enorme criatividade e sucesso, algumas até já premiadas e com particular destaque na revista das SMARTCITIES.

A Startup Torres Novas irá mudar brevemente de instalações, passando a ocupar no centro da cidade de Torres Novas o edifício da ex-CGD que irá ser adquirido pelo Município. Uma decisão estratégica do Município, para ajudar a revitalizar o centro histórico, mas, não menos importante, para apostar no apoio aos comerciantes ali localizados para ajudar a dinamizar o seu comércio.

Este é um serviço público municipal. O seu sucesso tem dependido e dependerá sobretudo da equipa a quem a Câmara delegou funções.

Neste dia do seu 4º aniversário não poderia de deixar de enaltecer e agradecer a toda esta equipa a dedicação e entusiasmo que têm colocado neste projeto inovador, desafiante, mas mais do que nunca indispensável numa altura em que todos deveremos contribuir para ultrapassar barreiras socioeconómicas geradas pela pandemia que teima em prolongar-se no tempo.

Pedro Paulo Ramos Ferreira

Presidente da Câmara Municipal de Torres Novas

Last Updated: segunda-feira, 19 outubro 2020 14:23

 

Está disponível a nova linha de crédito “Apoio à Economia Covid 19 - Médias Empresas, Small Mid Caps e Mid Caps”, que permite às empresas portuguesas, mais afetadas pelas medidas adotadas para a contenção da pandemia de COVID-19, financiarem em melhores condições de preço e de prazo as suas necessidades de tesouraria.

Esta linha destina-se a Médias Empresas, Small Mid Caps e Mid Caps. Os critérios de elegibilidade podem ser consultados em https://www.spgm.pt/pt/catalogo/linha-de-apoio-a-economia-covid-19/.

Last Updated: quinta-feira, 01 outubro 2020 11:48

O tecido empresarial no distrito de Santarém encontra-se numa fase de recuperação, sendo que no mês de agosto foram criadas 93 empresas, valor mais elevado desde fevereiro deste ano. Estes resultados representam um crescimento significativo, uma vez que foram criadas mais de 25 empresas em comparação com o mesmo período do ano passado, 2019.

Os concelhos de Abrantes e Torres Novas foram os mais empreendedores, tendo registado a criação de 15 empresas em cada um dos territórios.

Ourém ocupa o seguinte lugar na tabela, com a criação de 11 sociedades, seguindo-se Tomar, com 8, Santarém, com 7, e Coruche, Rio Maior e Salvaterra de Magos com 6 cada um. Benavente criou 5 empresas, Almeirim criou 4, Vila Nova da Barquinha criou 3 e Alcanena criou 2.

Cartaxo, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Golegã e Mação registaram a criação de uma sociedade em cada concelho, e Chamusca, Constância, Sardoal e Alpiarça não criaram empresas.

Por setores de atividade, destacam-se Comércio a retalho (6), cafés (5), Construção de edifícios (residenciais e não residenciais) (4), Manutenção e reparação de veículos automóveis (4), Comércio por grosso (4), Compra e venda de bens imobiliários (4), Restaurantes tipo tradicional (3), Atividades de contabilidade e auditoria, consultoria fiscal (3), Atividades de arquitetura (3), Agências de publicidade (3) e Atividades de apoio social com alojamento (3).

No mês de agosto de 2020, os homens voltam a ser mais empreendedores. 61 investimentos têm como promotores homens (65,6%) e 32 novos negócios foram criados por mulheres (34,4%). A média do capital social das empresas criadas em agosto foi de 4 839,26 €.

No que diz respeito à StartUp Torres Novas, a incubadora de ideias municipal de Torres Novas, dois dos seus incubados – a Printti e MGS – Miguel Gil Arquitetura –, outrora empresários em nome individual, constituíram-se como empresas.

Last Updated: segunda-feira, 14 setembro 2020 10:11

 

A decorrer entre 12 a 18 de outubro e com um formato 100% virtual, a Montepio Acredita Portugal Virtual Week vai ser o primeiro evento nacional dedicado ao tema do empreendedorismo, sobretudo no contexto pós-COVID-19. Será uma semana de apresentações, debates e partilha sobre temas relacionados com o ecossistema empreendedor e startups.

 

O programa da “MAP Virtual Week” inclui sessões abertas, que vão permitir a qualquer pessoa endereçar perguntas a personalidades do setor do empreendedorismo em Portugal, e webinars temáticos com oradores como Tim Vieira (Brave Generation), Filipe Almeida (Portugal Inovação Social) e Miguel Pina Martins (Science4you), que vão abordar temas como:

  • O impacto do COVID-19 nas empresas Portuguesas;
  • O papel da Economia Social no novo Portugal;
  • Transformação Digital: como preparar a minha empresa para a economia 3.0?

Para saber mais sobre este evento consulte o website www.mapvirtualweek.pt.

 

Last Updated: quinta-feira, 10 setembro 2020 09:18

A iniciativa “Edifícios mais Sustentáveis”, integrada no Programa de Estabilização Económica e Social (PEES) que estabelece medidas de dinamização económica para o emprego de maneira a absorver algum do impacto da crise económica provocada pela pandemia de COVID-19, contará com um incentivo de 4,5M de euros, disponibilizado pelo Fundo Ambiental.

Esta iniciativa tem como foco medidas que promovam a reabilitação, a descarbonização, a eficiência energética e hídrica e a economia circular em edifícios, contribuindo para a melhoria do desempenho energético e ambiental dos mesmos. Estas medidas apresentam-se como algumas das mais relevantes para fomentar a recuperação da economia na fase pós COVID-19, uma vez que geram emprego e riqueza a nível nacional.

O programa de incentivos abrange todo o território de Portugal Continental e tem como beneficiários pessoas singulares proprietárias de edifícios de habitação existentes e ocupados, unifamiliares, de frações autónomas em edifícios multifamiliares ou de edifícios multifamiliares, construídos até ao final do ano de 2006.

O prazo para a apresentação de candidaturas ao incentivo decorre desde o dia 7 de setembro de 2020 até às 23.59H do dia 31 de dezembro de 2021 ou até esgotar a dotação prevista.

Para mais informações, consulte a página do Fundo Ambiental.

Last Updated: sexta-feira, 04 setembro 2020 09:06

Em época de realização de candidaturas a diversos tipos de programas, torna-se fulcral conhecer o Relatório de Desenvolvimento Sustentável de 2020, de maneira a alinhar estratégias com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) descritos no documento.

No Relatório deste ano, foi dado destaque à pandemia COVID-19, e como esta tem erguido barreiras para o alcance da maioria dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e o seu consequente progresso.

Num total de 193 países, Portugal encontra-se no 25.º lugar no ranking, com uma pontuação global ao nível da concretização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável de 77,65%.

Embora tenha sido atingido o ODS 7, referente à “Energia Limpa”, ainda permanecem alguns desafios e algumas dificuldades no que diz respeito aos restantes ODS.

No total, são 16 os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável:

• ODS 1 – Redução da Pobreza;

• ODS 2 – Redução da Fome;

• ODS 3 – Saúde e Bem-Estar;

• ODS 4 – Educação de Qualidade;

• ODS 5 – Igualdade de Género;

• ODS 6 – Água Limpa;

• ODS 7 – Energia Limpa;

• ODS 8 – Crescimento Económico e Trabalho Digno;

• ODS 9 – Indústria, Inovação e Infraestruturas;

• ODS 10 – Redução de Desigualdades;

• ODS 11 – Cidades e Comunidades Sustentáveis;

• ODS 12 – Consumo e Produção Responsável;

• ODS 13 – Ação Climática;

• ODS 14 – Oceanos;

• ODS 15 – Terra;

• ODS 16 – Paz, Justiça e Instituições Fortes.

 

Podem consultar o Relatório de Desenvolvimento Sustentável de 2020 aqui.

Last Updated: segunda-feira, 31 agosto 2020 13:15

Já se encontra disponível a nova Linha de Apoio à Economia COVID-19 – Micro e Pequenas Empresas, cujo objetivo é apoiar a recuperação das micro e pequenas empresas que tenham sido afetadas pelos efeitos da pandemia de COVID-19.

Nesse sentido, e com uma dotação de 1.000 milhões de euros:

• 700 milhões de euros destinam-se a microempresas;

• 300 milhões de euros destinam-se a pequenas empresas.

 

Além disso, o apoio máximo a conceder é de 50.000 euros no caso de microempresas, e até 250.000 euros no caso de pequenas empresas.

Para efetuar a candidatura a esta nova Linha, as empresas terão de apresentar uma quebra abrupta e acentuada de pelo menos 40% da sua faturação e não poderão ter beneficiado de anteriores linhas de crédito com garantia mútua criadas para apoiar a normalização da atividade das empresas face ao surto da pandemia.

Para mais informações, consulte o site da SPGM.

Last Updated: quinta-feira, 06 agosto 2020 09:33

A linha FIS CRÉDITO foi lançada no dia 20 de julho. Trata-se de uma linha de crédito garantida e bonificada do Fundo para a Inovação Social, cujo objetivo é promover o financiamento de iniciativas de inovação e empreendedorismo social, em parceria com as Instituições Financeiras e as Sociedades de Garantia Mútua.

Destina-se a PME e Entidades da Economia Social que sejam promotoras de iniciativas de Inovação e Empreendedorismo Social (IIES) e que tenham sido reconhecidas pela Estrutura de Missão Portugal Inovação Social (EMPIS), pelo que, previamente à solicitação do financiamento bancário, a entidade beneficiária deverá solicitar a qualificação IIES junto da Portugal Inovação Social.

A linha FIS CRÉDITO tem uma dotação de 50M euros, um montante máximo de financiamento por operação de 2.500.000 euros, um prazo total até 10 anos com até 3 anos de carência de capital, sendo aplicável nas regiões NUTS II do Norte, Centro e Alentejo.

 

Para mais informações, devem ser consultados os seguintes documentos:

Documento de Divulgação

Síntese de Condições

FAQ

Last Updated: quinta-feira, 23 julho 2020 12:05

O programa +CO3SO Emprego tem como objetivo a criação, a expansão ou a modernização de Micro e Pequenas Empresas. Deste programa são beneficiários os empreendedores e as micro, as pequenas e as médias empresas que possuam a certificação eletrónica do IAPMEI.


Os apoios a conceder são financiados pelo FSE, sob forma de subvenção não reembolsável, conforme previsto no artigo 12.º do seu regulamento, através de:

a) Comparticipação integral dos custos diretos com os postos de trabalho criados, englobando a remuneração base, acrescida das despesas contributivas da responsabilidade da entidade empregadora, de acordo limites constantes do ponto 10 do AVISO N.º40-2020-35;

b) Uma taxa fixa de 40% sobre os custos referidos na alínea anterior para financiar outros custos associados à criação de postos de trabalho.

 

No que diz respeito a Regras e Limites à elegibilidade de despesas, destaca-se que para as remunerações base mensais são fixados os limites máximos previstos nas alíneas seguintes:

a) Para os três primeiros postos de trabalho criados, até ao montante equivalente a 2 vezes o Indexante de Apoios Sociais (IAS) por posto de trabalho, por cada mês de apoio;

b) Entre o quarto e o sexto posto de trabalho criado, até ao montante equivalente a 1,5 vezes o IAS por posto de trabalho, por cada mês de apoio;

c) A partir do sétimo posto de trabalho criado, até ao montante equivalente a 1 vezes o IAS por posto de trabalho, por cada mês de apoio.

 

Ao apoio acima referido acrescem 0,5 IAS, quando estejam em causa uma “nova empresa”, um “investidor da diáspora” ou a criação de postos de trabalho para desempregados inscritos no IEFP, sem carácter cumulativo.

Para mais informações, consulte o documento na integra.

Last Updated: sexta-feira, 17 julho 2020 13:20

As candidaturas ao estatuto PME Líder já estão abertas.

Trata-se de um selo de prestígio que distingue as PME que, dadas as suas qualidades de desempenho e o seu perfil de risco, se posicionam como um motor da economia nacional em diversos setores de atividade.

Para se candidatar, cada empresa deve manifestar o seu interesse junto dos bancos parceiros desta iniciativa, que irão tratar da análise do perfil de risco e formalizar a proposta ao Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação (IAPMEI). A comunicação da atribuição do estatuto PME Líder é feita pelo IAPMEI ou pelo Turismo de Portugal, no caso de a empresa pertencer ao setor do Turismo.

As PME Líder terão ainda acesso a um conjunto de benefícios, que podem ser consultados aqui.

Last Updated: sexta-feira, 26 junho 2020 08:53

O Turismo de Portugal está a promover ações de formação online referentes ao Selo “Clean & Safe”, destinadas a entidades que visem conhecer os procedimentos de limpeza, higiene e medidas básicas de prevenção e controlo da COVID-19, nomeadamente:

 - Empreendimentos Turísticos;

- Alojamento Local;

- Empresas de Animação Turística;

- Agências de Viagens e Turismo.

As formações são certificadas e a sua duração varia consoante o tipo de atividade a realizar, sendo repartidas por duas sessões. O limite máximo de participantes é de 500, e os horários disponíveis para as sessões podem ser consultados no link abaixo.

As inscrições são gratuitas.

Espera-se que, no final das formações, cada participante tenha elaborado um esboço do protocolo interno de atuação relativo ao surto de COVID-19, devidamente adaptado à sua organização.

Para mais informações, consulte http://business.turismodeportugal.pt/pt/Gerir/Capacitacao_Empresarial/Paginas/programa-formacao-clean-safe-turismo-de-portugal.aspx

Last Updated: segunda-feira, 15 junho 2020 11:35


No dia 4 de junho, foi aprovado em Conselho de Ministros o PEES – Programa de Estabilização Económica e Social, que determina um conjunto de medidas a ser implementadas por forma a dar resposta à crise provocada pela pandemia de COVID-19.

No que diz respeito ao regime de layoff simplificado, este irá permanecer em vigor apenas até ao final do mês de julho, sendo que, posteriormente, irão ser utilizados 3 mecanismos alternativos:

I.  As empresas que permanecerem encerradas por determinação do Governo continuarão a poder beneficiar do regime de layoff simplificado;

II. As empresas que tenham uma quebra de faturação entre 40% e 60% ou superior a 60% poderão beneficiar, entre agosto e até ao final de 2020, de um mecanismo de apoio à retoma progressiva;

III. As empresas que tenham beneficiado do regime de layoff poderão beneficiar de um incentivo financeiro extraordinário à normalização da atividade empresarial, escolhendo uma de duas modalidades: 1 SMN one-off ou 2 SMN ao longo de 6 meses.

Adicionalmente, irá ser adotado um conjunto de medidas em quatro áreas, nomeadamente Capitalização, Pagamentos por Conta, Apoio a Novas Áreas de Negócio e Adaptação do Comércio e Financiamento.

Ao nível da Capitalização, destaca-se:

- Fundo de capitalização de empresas, a ser gerido pelo Banco de Fomento, para participação em operações de capitalização de empresas viáveis com elevado potencial de crescimento, em setores estratégicos e com orientação para mercados externos; 

- Financiamento de PME no mercado de capitais, mediante um veículo especial de aquisição de dívida emitida por PME e colocação dessa dívida no mercado de capitais, através da emissão de obrigações;

 Quanto aos Pagamentos por Conta:

- Ajuste das regras e formas de pagamento relativas ao Pagamento por Conta devido em 2020:

I. Quebra de Faturação > 20% no 1.º semestre de 2020 – limitação do pagamento até 50%; 

II. Quebra de Faturação > 40% no 1.º semestre de 2020 e setores de alojamento e restauração – isenção do pagamento até 100%.

Apoio a novas áreas de negócio e adaptação do comércio:

- 15 projetos estruturantes envolvendo empresas e centros de I&D, com ênfase em áreas emergentes (bio-, nano-, sistemas computacionais, tecnologias eletrónicas / digitais; mobilidade autónoma). 

- Inovação Covid / I&D Covid: apoios financeiros para empresas que redirecionaram a sua produção para as necessidades atuais (batas, máscaras, todo o tipo de equipamentos de proteção individual), mas também para o sistema científico e apoio à investigação (tratamentos, vacina, testes) na área da Covid19.

- Comércio.pt: criação de incentivos à transição digital do modelo de negócio das micro e pequenas empresas, mediante a promoção do comércio eletrónico (apoio à adesão a plataformas já existentes, reformulação dos websites, etc.); 

- ADAPTAR 2.0: adaptação e modernização de estabelecimentos comerciais, financiando investimentos na adaptação ao contexto COVID-19, em frentes de loja, áreas de acesso ao público, etc; 

- ADAPTAR+ : consultoria para adaptação ao contexto-COVID (e pós-COVID), com vista a auxiliar e estimular microempresas a atualizar e remodelar os seus estabelecimentos e unidades de produção.

Na área do Financiamento, prevê-se:

- Aumento das linhas de crédito com garantia de Estado, no valor máximo autorizado pela Comissão Europeia (13.000M€), duplicando o valor já disponibilizado; 

- Seguros de crédito, quer para exportações, quer para transações de bens e serviços efetuadas no mercado nacional; 

- Extensão da moratória bancária até 31 de março de 2021.

Last Updated: segunda-feira, 08 junho 2020 11:02

No passado dia 30 de maio, na Quinta de Turismo Rural Ribeiro Tanquinhos, realizou-se o lançamento público da nova empresa de animação turística Almourol Land. Criada pelo empreendedor Jorge Escarameia, a Almourol Land é constituída por uma equipa de profissionais com formação em diversas áreas. Tem como objetivo aproveitar os recursos naturais da zona envolvente do Almourol e elevar o seu potencial turístico. A empresa atua em cinco áreas distintas:

1. Ar: experiências de paraquedismo e passeio de avião;

2. Terra: atividades pedestres e de orientação, caminhadas, btt, ciclo turismo, ginásio ao ar livre, jogos populares e tradicionais, experiências que permitem a descoberta do património, rotas temáticas (rota dos templários);

3. Água: passeio fluvial turístico no rio Tejo (em Tancos);

4. Cultura: organização de eventos musicais, teatros, workshops e implementação/venda de Áudio Guias para o Castelo de Almourol (uma aventura inesquecível em quatro línguas e com uma vertente para crianças);

5. Web: apresentação de workshops de entretimento, desenvolvimento pessoal e aulas online de bem-estar e lazer.

O sistema de Áudio Guia apresenta-se sob a forma de um cartão, inserido num folheto descritivo com todos os seus serviços, e terá como oferta um vale de desconto para utilizar com os parceiros, cafés, hotéis, e restaurantes da zona, para fixar os turistas na região. O cartão contém um QR Code exclusivo. O visitante apenas necessita de apontar o telefone para o QR Code, ou caso lhe seja mais conveniente inserir o código exposto no cartão, e será direcionado para a plataforma Áudio Guia. Toda a experiência acontecerá num formato de streaming. Os visitantes poderão desfrutar de uma verdadeira aventura e ficar a conhecer toda a história e lendas sem necessitar de ler essas informações. 
Este é o primeiro passo de um ambicioso projeto para a zona.

O segundo passo engloba a implementação de uma unidade móvel no cais de Tancos para aluguer de equipamentos náuticos, incluindo uma embarcação para servir refeições no rio. O serviço, estando também disponível para os habitantes da região e turistas, será destinado aos clientes das unidades hoteleiras, que terão livre trânsito na utilização dos equipamentos, mediante contrato de prestação de serviços entre ambas as partes. Aguarda, de momento, aprovação da APA (Agência Portuguesa do Ambiente) e viabilização da autarquia, para poder submeter o pedido de financiamento.

 

No evento do lançamento da Almourol Land, marcaram presença José Janeiro, mentor e consultor financeiro; o engenheiro António Campos, Presidente da NERSANT; Helena Caetano, representante da StartUp Torres Novas; Miguel Homem, Presidente da Junta de Freguesia de Tancos e Antónia Coelho, historiadora.

José Janeiro, na sua intervenção, apresentou o caminho desenvolvido para a implementação da empresa. Referiu que foi impulsionador da Almourol Land, que agora começa com a fase dos serviços que requerem menos investimento e que, posteriormente, seguirá com a implementação de uma unidade móvel para desportos náuticos, implementada em Tancos, serviço este destinado a três segmentos de mercado: as unidades hoteleiras, os habitantes regionais e os turistas visitantes da região e visitantes do Castelo de Almourol.

António Campos, presidente da NERSANT, felicitou toda a equipa pela iniciativa e mostrou todo o apoio para integrar a Almourol Land no programa Viver Tejo, marca patenteada pela NERSANT, indicando que já tentaram apoiar este tipo de iniciativas na região devido aos belíssimos recursos naturais envolventes. Desafiou o empresário para avançar com candidaturas aos programas existentes para estas iniciativas, reconhecendo ao mesmo tempo a necessidade de existência de um apoio especial às iniciativas destinadas ao Turismo.

A Dr.ª Helena Caetano felicitou Jorge Escarameia, referindo que o processo não tem sido fácil quanto à implementação, devido à impossibilidade de financiamento e a algumas burocracias. Elogiou-o por ser uma pessoa empenhada, dedicada, persistente e por ter conseguido fazer acontecer o que parecia ser já quase impossível. Jorge Escarameia chegou há uns meses à StartUp Torres Novas com uma ideia e a instituição abraçou o projeto com todos os recursos de que dispõe, ajudou-o no desenvolvimento da empresa devido à visão, aos valores e a toda a sua abrangência.

O Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Tancos, Miguel Homem, também esteve presente juntamente com toda a equipa na Quinta e felicitou-o pela iniciativa, disponibilizando-se para dar todo o apoio à empresa por ser da terra.

A Dr.ª Antónia Coelho, responsável convidada para apoiar no que respeita ao conteúdo histórico e execução dos Áudio Guias para o Castelo de Almourol e atividades, identificou os pontos de grande importância para a implementação deste produto no monumento, pelas particularidades e forma como poderá ser utilizada por visitantes invisuais e pela importância em se implementar um áudio destinado a crianças. A experiência diferenciadora de oferecer uma viagem inesquecível com áudio e conteúdo bem selecionado, capitaliza no entender da historiadora, um regresso dos turistas.

Neste momento, já se encontra disponível o serviço de aulas online para as atividades de bem-estar e lazer, como Yoga, Tai Chi, Meditação, Treino Funcional e Hip Hop. Logo que seja autorizado, as aulas passarão a ser presenciais, mas sempre em simultâneo com as aulas online. A Almourol Land é fruto de um grande sonho que já passou a fase do projeto e se tornou numa nova realidade… Tudo isto porque, como indica o slogan da Almourol Land, “o importante é ser feliz”.

Last Updated: quarta-feira, 03 junho 2020 10:30

O Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação (IAPMEI) disponibilizou, no seu website, uma página na qual se pode consultar toda a documentação, legislação e informação pertinente sobre as medidas de apoio às empresas que foram implementadas em resposta ao surto do COVID-19.

A página é frequentemente atualizada e pode ser consultada aqui.

Last Updated: terça-feira, 24 março 2020 11:38

Edifício B do Convento do Carmo Avenida Dr João Martins de Azevedo, 2350-748 Torres Novas

Last Updated: quarta-feira, 19 fevereiro 2020 17:12

Presidente de Torres Novas diz que “Startup é já uma aposta ganha”

A Startup Torres Novas entrou em funcionamento a 17 de outubro de 2016, ainda antes da conclusão das obras e, passado um ano, já avaliou centenas de ideias e deu guarida a cerca de 30 embriões de empresas que geraram 40 empregos diretos.

http://www.jornaleconomico.sapo.pt/noticias/presidente-de-torres-novas-diz-que-startup-e-ja-uma-aposta-ganha-269933#.WoqkCV9H1Y0.facebook

 
Last Updated: quarta-feira, 19 fevereiro 2020 15:26

Preparar negócios atrás das grades para uma nova vida fora da prisão

Reclusos do Estabelecimento de Prisional de Torres Novas em projecto de inclusão inovador. A incubadora de empresas (StartUp) de Torres Novas entrou dentro da prisão da cidade para dar um novo estímulo aos reclusos interessados em terem uma nova vida após cumprirem as penas. O projecto desenvolvido entre muros encimados de arame farpado, numa parceria com o estabelecimento prisional, está a dar ferramentas para a ressocialização dos presos.

Noticia retirada jornal o Mirante

Last Updated: quarta-feira, 19 fevereiro 2020 16:02

"Aplicação inovadora quer promover comércio local"

"Appy Fans garante interação das lojas de retalho 'bairristas' com o consumidor"

Pode ver a notícia aqui.

Last Updated: quarta-feira, 15 novembro 2017 10:17

Nov. 14, 2017
0
0
Days
0
0
Hours
0
0
Min
0
0
Sec

Empreende Já! Traça o teu negócio, cria emprego 

 

Sensibilização e Promoção do empreendedorismo. Divulgação conjunta pelo IEFP, I.P., IPDJ, Startup Torres Novas. Abordagem às competências do empreendedor – o Ser, o Saber Fazer, características e motivações.

 
Programa:

Oradores: Mariana Fagulha (11h00) e Licínio Neto (14h00) e Mentores – A resiliência e a inovação

Local: StartUp Torres Novas - piso 1

Dia: 15/11/2017

Horário: 11h00 e 14h00

Destinatários:  Jovens que, à data de candidatura, reúnam as condições previstas no artigo 3.º da Portaria n.º 308/2015 de 25 de setembro 


A participação é gratuita.

Pré-requisito: Não tem

Capacidade máxima: 60 pessoas

 

Mais informações aqui e aqui

 


Organização: 

Pedro Santos Vieira um dos mentores na Startup Torres novas, deu entrevista na RTP 3

Pode ver o excerto da entrevista neste vídeo.

Last Updated: segunda-feira, 13 novembro 2017 15:02

"Estas startups são amigas da sua carteira e do seu relógio"

Pode ver a notícia aqui.

Last Updated: quinta-feira, 09 novembro 2017 16:05

AppyFans é parceiro da Web Summit, estando presente pelo segundo ano consecutivo

Pode ver a lista de parceiros da Web Summit aqui.

Last Updated: quinta-feira, 09 novembro 2017 15:55

Talkyfly no jornal "O Almonda"

Veja a notícia aqui.

Last Updated: sexta-feira, 03 novembro 2017 15:05

Patas a caminho no jornal "O Almonda"

Veja a notícia aqui.

Last Updated: sexta-feira, 03 novembro 2017 14:54

Horta D'Água no programa "Você na TV" na TVI

Veja a notícia e o vídeo aqui.

Last Updated: segunda-feira, 30 outubro 2017 12:25

A StartUp Torres Novas é uma das entidades acreditadas no âmbito do Sistema de Incentivos "Empreendedorismo Qualificado e Criativo" - Vale Incubação. O concurso para apresentação de candidaturas decorre até ao próximo dia 30 de novembro. 

Informações na StartUp Torres Novas ou no site oficial.



 

Last Updated: quinta-feira, 26 outubro 2017 14:34
0
0
Days
0
0
Hours
0
0
Min
0
0
Sec

 Workshop de Autoconhecimento - O que desejas para a tua vida? 

 

"Acredito que o melhor do mundo vem de dentro, de dentro de nós. Entra nesta descoberta do teu mundo e do que desejas para a tua vida. O que queres trazer para fora de ti e construir no mundo real? 

Este vai ser um workshop prático, divertido, pedagógico, dinâmico, profundo, transformador e altamente eficaz onde irás conhecer-te mais a fundo e aplicar técnicas para criares a realidade que realmente desejas."

 

O projecto Top realizará uma palestra aberta a todos os interessados na temática.

 

Programa:

Oradoras: Mariana Fagulha - Top, coaching & formação

Local: Auditório da StartUp Torres Novas

Dia: 26/11/2017

Horário: 14h00 às 18h00

Destinatários:  Comunidade em geral

 

Valor da inscrição: 30 euros

Descontos: se tiver vales de desconto pode aplicá-los neste workshop / para quem não tem vales, se inscrever um amigo, cada um paga menos 5 euros (25 euros cada)

Pré-requisito: Não tem

Capacidade máxima: 16

Contactos: 916503676 / Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Inscrições aqui

Mais informações aqui

 

Organização:

RecadeX: O homem da bicicleta facilita a tua vida em Torres Novas

Veja a notícia aqui.

Last Updated: quarta-feira, 25 outubro 2017 17:01

Nut cria vídeo promocional do projecto Plastic0 Circular que visa a sensibilização sobre a reciclagem e reutilização do plástico.

Veja o vídeo aqui.

Last Updated: quarta-feira, 25 outubro 2017 16:59

Veja as fotografia aqui.

Last Updated: quarta-feira, 25 outubro 2017 15:18

Na “Bra4All” de Torres Novas saúde e beleza não são sacrificadas por causa do tamanho.

Veja a notícia aqui.

Last Updated: quarta-feira, 25 outubro 2017 16:59

Da estufa para casa só com água e raízes de Torres Novas

Veja a notícia e o vídeo aqui.

Last Updated: terça-feira, 24 outubro 2017 17:17
0
0
Days
0
0
Hours
0
0
Min
0
0
Sec

 À conversa com a Greenyard: De StartUp a líder global 

 

À conversa com a Greenyard, a evolução de StartUp para líder global na sua área de atuação, uma história com 30 anos. 

A Greenyard em Portugal, a mentoria e o apoio a novos empreendedores.

 
Programa:

Oradoras: Dr.ª Alexandra Teixeira e Drª Carla Poço - Greenyard

Local: Auditório da StartUp Torres Novas

Dia: 17/10/2017

Horário: 15h00 às 16h00

Destinatários:  Comunidade em geral / empresários



A participação é gratuita.

Pré-requisito: Não tem

Capacidade máxima: 25

 

Inscrições aqui

 


Organização: 

0
0
Days
0
0
Hours
0
0
Min
0
0
Sec

 Vai criar uma empresa? Escolha o enquadramento fiscal certo. 

 

Antes de iniciar a sua actividade, convém fazer uma boa análise do enquadramento fiscal das atividades económicas. Tal análise pode significar muitos euros, diminuição de problemas e vantagens competitivas, questões que devem ser devidamente valorizadas antes da tomada de decisão.

 
Programa:

Oradoras: Dr. Fernando Castelo Branco - Adorior

Local: Auditório da StartUp Torres Novas

Dia: 17/10/2017

Horário: 10h00 às 11h00

Destinatários:  Comunidade em geral / futuros empresários



A participação é gratuita.

Pré-requisito: Não tem

Capacidade máxima: 15

 

Inscrições aqui

 


Organização: 

0
0
Days
0
0
Hours
0
0
Min
0
0
Sec

 Socorro! É a minha vez de falar 

 

Sabias que o medo de falar em público afeta 75% da população mundial? O medo de falar em público influencia a vida social pessoal e profissional.

 

Precisas de fazer um pitch e tens receio de falar em público? Este workhop é para ti! Não te deixes condicionar. Ultrapassa os teus limites!

 
Programa:

Oradora: Dr.ª Ana Rita Nogueira - ToastMasters

Local: Auditório da StartUp Torres Novas

Dia: 17/10/2017

Horário: 11h00 às 12h30

Destinatários:  Comunidade em geral / empresários



A participação é gratuita.

Pré-requisito: Não tem

Capacidade máxima: 25

 

Inscrições aqui

 


Organização: 

0
0
Days
0
0
Hours
0
0
Min
0
0
Sec

 

 A criatividade associada à marca Renova 

 

Comunicação e cadeia de valores associada à marca.

 
Programa:

Oradora: Dr. Luís Ramos - Renova

Local: Auditório da StartUp Torres Novas

Dia: 17/10/2017

Horário: 16h00 às 17h30

Destinatários:  Comunidade em geral / empresários



A participação é gratuita.

Pré-requisito: Não tem

Capacidade máxima: 25

 

Inscrições aqui

 


Organização: 

0
0
Days
0
0
Hours
0
0
Min
0
0
Sec

 

 Hortamobile na StartUp 

 

Integrado no aniversário da StartUp de Torres Novas, vamos levar o HortaMobile para comemorar.

Estaremos a apresentar o nosso projecto e os nossos produtos durante todo o dia.

Aproveite para aprender mais sobre produtos da Horta d' Água.

 
Programa:

Local: StartUp Torres Novas

Dia: 17/10/2017

Horário: 9h00 às 17h30



Organização: 

0
0
Days
0
0
Hours
0
0
Min
0
0
Sec

 

 Whorkshop de Bra Fitting 

 

Saiba como um sutião certo pode mudar a sua vida!

Fique a conhecer todos os aspectos essenciais a ter em conta para um ajuste perfeito do sutiã e porque o mesmo é tão importante para o seu bem estar.

 
Programa:

Oradora: Ana Batista - Bra4All

Local: Auditório da StartUp Torres Novas

Dia: 17/10/2017

Horário: 19h00 às 19h30

Destinatários: Comunidade feminina



Organização: 

0
0
Days
0
0
Hours
0
0
Min
0
0
Sec

 Palestra aberta - ter sucesso na vida. 

 

O projecto Top realizará uma palestra aberta a todos os interessados na temática.

 
Programa:

Oradoras: Mariana Fagulha - Top, coaching & formação

Local: Auditório da StartUp Torres Novas

Dia: 17/10/2017

Horário: 19h30 às 30h30

Destinatários:  Comunidade em geral



A participação é gratuita.

Pré-requisito: Não tem

Capacidade máxima: 25

 

Inscrições aqui

 


Organização: 

0
0
Days
0
0
Hours
0
0
Min
0
0
Sec

 Flash workshops: segredos para falar em público | segredos de imagem pessoal | consultas de imagem pessoal individual. 

 

O projecto Top realizará uma palestra aberta a todos os interessados na temática.

 
Programa (Segredos para falar em público):

Oradora: Ana Madureira - Dona Imagem

Local: Auditório da StartUp Torres Novas

Dia: 17/10/2017

Horário: 18h30 às 18h40

Destinatários:  Comunidade em geral

 

Programa (Segredos de imagem pessoal):

Oradora: Ana Madureira - Dona Imagem

Local: Auditório da StartUp Torres Novas

Dia: 17/10/2017

Horário: 18h50 às 19h00

Destinatários:  Comunidade em geral

 

Programa (Consultas de imagem pessoal individuais):

Oradora: Ana Madureira - Dona Imagem

Local: Auditório da StartUp Torres Novas

Dia: 17/10/2017

Horário: 18h50 às 19h30

Destinatários:  Comunidade em geral

 

A participação é gratuita.

Oferta de vales de desconto a todos os participantes

Pré-requisito: Não tem

Capacidade máxima: 10 | 10 | 3

 

Inscrições Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. | 91 21 28 721

 


Organização: 

0
0
Days
0
0
Hours
0
0
Min
0
0
Sec

 

 Workshop de Comunicação

 

Apesar da comunicação ser diária, vital e permanente, é necessário adequar aos diversos contextos em que se pretende aplicar essa mesma comunicação, seja num pitch, numa sala de reuniões ou numa sala de aula.

Para uma comunicação eficaz, direta e objetiva são necessárias ferramentas que potenciem tanto o discurso, como o combate a medos e inseguranças na hora de se apresentar em público.

Este workshop utiliza a improvisação como ferramenta técnica para o ajudar a comunicar em frente a uma plateia ou audiência, melhorando posturas  faciais e corporais, respiração, colocação de voz,  autocontrole e confiança.

 

 
Programa:

Formador: Carlos Cunha - Improfit2U

Local: Auditório da StartUp Torres Novas

Dia: 12/04/2017

Horário: 15h00 às 17h30

Destinatários:  Comunidade em geral

 



A participação é gratuita. As inscrições devem ser feitas até ao próximo dia 11 de Abril.    

Pré-requisito: Não tem

Capacidade máxima: 20

 

 

Inscrições através do email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

 
 Organização:

 

  Improfit2U


 

 

 

A StartUp Torres Novas tem um novo mentor. Chama-se Pedro Vieira Santos e é fundador da West to West Investment Advisor and Mentor-Portugal Ventures e da WiserGo. 

Podem espreitar >> aqui << e >> aqui << e também >> aqui <<, e, já agora, >> aqui << . 

 

Benvindo a bordo!

Last Updated: segunda-feira, 05 dezembro 2016 14:42

A StartUp Torres Novas foi oficialmente inaugurada, pretendendo dotar a região das infraestruturas e especialistas para tornar boas ideias e projetos em negócios, com o objetivo de se tornar numa referência de empreendedorismo no centro do País.

 

A StartUp Torres Novas, um projeto integrado no programa Torres Novas + da responsabilidade da Câmara Municipal de Torres Novas, traduz a estratégia de empreendedorismo e inovação definida para o município, com o objetivo de contribuir para o fomento económico do concelho, da região e do país.

 

“Temos vindo a trabalhar e a definir um conjunto de políticas para o município que visam torná-lo mais atrativo para receber novos empreendedores. Acreditamos que Torres Novas reúne todas as condições para se tornar e afirmar como um exemplo de empreendedorismo fora dos grandes centros urbanos”, afirma Pedro Ferreira, presidente da Câmara Municipal de Torres Novas.

 

A incubadora de empresas mais central do país está preparada para receber qualquer ideia de negócio e os empreendedores que escolham a StartUp Torres Novas têm à sua disposição um leque completo de serviços, instalações e uma equipa especializada para dar apoio, desde a ideia à concretização do negócio. Para além disso, os incubados têm ainda a possibilidade de potenciar a sua rede de networking através de um painel de mentores composto por empresários de renome do panorama nacional, tais como Paulo Pereira da Silva (CEO Renova), Rui Leitão (CEO Digidelta), Victor Figueiredo (CEO Univeg), Carlos Marçal (CMO GresTejo S.A.) e Miguel Cunha (Director Casal das Flores, Lda).

 

Segundo Nuno Valente, coordenador do Projeto Torres Novas +, “a decisão de tornar real a StartUp Torres Novas surge após auscultarmos os vários quadrantes da nossa região e percebermos que havia muitas e boas ideias, mas que faltava o espaço e o apoio necessários para as concretizar. Acreditamos que a StartUp Torres Novas, aliada a outras iniciativas, seja o estímulo para a criação do ecossistema empresarial e de inovação que potenciará a região como um concelho de empreendedores”. À data da inauguração existem já dez candidaturas, das quais cinco já foram analisadas e aceites para se instalarem na incubadora, nas mais variadas áreas, agricultura, design, área alimentar, tecnológica, desporto, turismo, cultura e artes criativas. Até ao final do presente ano o objetivo é chegar aos dez incubados e durante o próximo atingir os vinte incubados e quatro empresas em regime de aceleração.

 

“A StartUP Torres Novas quer, ainda, aumentar o número de pessoas qualificadas para apoiar os novos empreendedores. São vários os exemplos de sucesso na região, como os casos da Renova, Digidelta, que escolheram Torres Novas para se centrar e acreditamos que podemos ter mais projetos vencedores num futuro próximo. Com o dinamismo que estamos a criar esperamos atrair e cativar quem queira o melhor dos dois mundos: a inovação e a vontade de fazer acontecer, que se juntam à qualidade de vida e bem-estar que o município oferece. Um conjunto de condições que fazem de Torres Novas um local atrativo para os novos empreendedores se fixarem e desenvolverem os seus negócios”, afirma o presidente da autarquia.

 

A inauguração da incubadora contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Pedro Ferreira, do Secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos e de diversas entidades e empresas parceiras, nomeadamente o NERSANT, a ANJE, o IAPMEI, o IEFP Delegação Distrital, o Instituto Politécnico de Leiria, o Instituto Politécnico de Tomar, o ISCTE ou a StartUp Lisboa.

 

Os potenciais interessados podem obter mais informações e candidatar as suas ideias de negócio através do website www.startuptorresnovas.pt.

 

 

Last Updated: sexta-feira, 11 novembro 2016 10:42

A inauguração da StartUp Torres novas será formalizada dia 17 de outubro de 2016, através da assinatura de protocolos com as diversas entidades parceiras.

Last Updated: sexta-feira, 11 novembro 2016 11:14

Estão abertas as candidaturas aos serviços da StartUp. Sejam bem-vindos!

 

 

Last Updated: sexta-feira, 11 novembro 2016 09:59